VOCÊ AGUENTA TRABALHAR COM UM FDP?

8 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 8 8 Flares ×

Uma questão direta e sem rodeios

homem-gritando-colega-trabalho
Faça porque estou mandando! Essa é a frase preferida dos “artistas da virada”. “Artistas da virada” são aqueles que cortam empregos, desfazem-se de divisões inteiras e tomam decisões duras e impopulares que deviam ser levadas a cabo anos antes.
E então, o “artista da virada” salva a empresa – pelo menos a curto prazo – mas a um preço muito elevado. Seu reinado de terror, mais agudo entre seus subordinados diretos, tiranizando e degradando seus executivos através de rugidos, a cada passo em falso, tornando o moral nulo.
Assustados com sua tendência de “assassinar” os portadores de más notícias, seus subordinados diretos param de fornecer-lhe qualquer informação. Os efeitos do estilo FDP sobre a atmosfera organizacional contamina o humor geral, comprometendo o clima como um todo.
Os FDP’s são narcisistas que têm empatia seletiva, fechando os olhos àqueles que não alimentam seus anseios de glória. Podem fechar ou vender uma empresa, ou demitir muitos funcionários, sem sentir um pingo de solidariedade por aqueles para quem tais decisões são desastres pessoais. Na ausência de empatia, não se arrependem de nada e são indiferentes às necessidades ou aos sentimentos de seus funcionários.
Os FDP’s são impermeáveis às críticas. Evitam até o feedback construtivo porque encaram esse retorno como ataques. Não buscam informações imparciais, ao contrário, selecionam dados que sustentem suas opiniões, ignorando os problemas agudos. Não ouvem; preferem pregar e doutrinar.
Costumam isolar-se atrás de um muro de bajuladores dispostos a apoiá-los de qualquer maneira. Os que sabem lidar com os FDP’s, usam a lisonja e a adulação diretas. Bajulação suficiente, acreditam, gera promoções. São capazes de segurar, minimizar ou distorcer informações importantes. Com malícia e um pouco de sorte, as piores consequências recairão sobre outras pessoas.
Essa atitude cínica pode alimentar uma organização narcisista. Quando uma massa crítica de funcionários compartilha um ponto de vista narcisista, é natural que a empresa adote o narcisismo coletivo.
Outro fato sobre os FDP’s: eles repelem o talento. A principal causa mencionada dos pedidos de demissão é a insatisfação com o chefe.
A Gallup Organization, dirigida por Marcus Buckingham, entrevistou dois milhões de profissionais em setecentas empresas americanas que revelaram que o que determina o tempo de permanência dos funcionários – bem como sua produtividade – é a qualidade de seu relacionamento com seu superior imediato. O epílogo dessa pesquisa: as pessoas gostam da empresa, mas deixam o gerente.
A conclusão dos dados parece bastante clara: ou o líder FDP muda, ou vai embora.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>